Sobre|About_       Carolina Ferreira Baptista

Carolina Ferreira Baptista é doutoranda ICNOVA. Mestre em Ciências da Comunicação, na vertente de Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias (FCSH-UNL), investiga os elementos imperceptíveis da comunicação no contexto das doenças do comportamento alimentar.

O seu trabalho centra-se nas práticas de subjectivação contemporâneas, procurando estreitar caminhos de abertura à alternância e ao descentramento da identidade enquanto principal conceito operativo nos discursos contemporâneos. O projecto de investigação, Do Imperceptível: uma analítica da comunicabilidade na anorexia nervosa, indaga a possibilidade de aceder à cultura através de um compreensão crítica da anorexia. 

 

*

A PhD researcher at ICNOVA, Carolina Ferreira Baptista has a masters degree in Communication, specializing in Contemporary Culture and New Technologies (FCSH-UNL), she is currently conducting a research on the imperceptible elements of communication in eating disorders.

Her work focuses on contemporary practices of subjectivation, aiming towards openness and change when it comes to decentering identity as the core operative concept in contemporary discourses. Now, her research project, Of Imperceptibility: an analysis of anorexia nervosa's communicability, questions the possibility of accessing culture through a critical comprehension of anorexia.

 

Find me @

CIENCIAVITAE_ 

carolinabaptista@fcsh.unl.pt

245015144_1426500597751210_2480845919120650466_n.jpg

ana.diz _ investigar a anorexia | researching anorexia

pt

Perguntar pela anorexia. O que é? De onde vem? Fica para sempre? A visão de senso comum diz-nos que a anorexia nervosa é a maleita das mulheres brancas, com tendência para a adopção de padrões comportamentais pautados pela rigidez e perfeccionismo. Acrescente-se o pulsar dos ideais de beleza vigentes e a explicação parece óbvia: a anorexia leva às últimas consequências o que está já enraizado nos indivíduos e na cultura. 

ana.diz é uma plataforma que interroga o estereótipo. Inserido no projecto de investigação Do Imperceptível: uma analítica da comunicabilidade na anorexia nervosa, este espaço procura esclarecer e estabelecer pontos de contacto entre quem estuda, vive(u) e conhece a anorexia, deixando falar.

eng

Asking about anorexia. What is it?  Where does it come from? Does it stay forever? The stereotyped vision tells us that anorexia only affects white women with an inclination towards perfectionism and self-constricting behaviors. Add current beauty standards and the explanation seems obvious: anorexia leads to its ultimate consequentes what was already engraved in individuals and cultural settings.

ana.diz (speaks) is a platform that questions the stereotype. Based on the research project Of Imperceptibility: an analysis of anorexia nervosa's communicability, this space's aim is to gather who studies, lives and/or knows anorexia, letting it speak. 

 

Ler a estrutura do projecto aqui